Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Perfil

PE Nova Música Apresenta – Mamelungos

Publicado em

A banda "Mamelungos" na 2ª edição do PE Nova Música

A banda Mamelungos foi formada em 2009, em Recife, pelos músicos Thiago Hoove (guitarra), Igor Bruno (violão), Luccas Maia (teclado e baixo), Peu Lima (bateria) e Weré Lima (percussão e cavaco). Os “Mamelungos” possuem um grande diferencial, além de instrumentistas, são também vocalistas, compositores e arranjadores, que contagiam o público com seu som empolgante que permeia vários estilos da música brasileira. Do Manguebeat ao Pop Rock, de Chico Science a Lenine, passando por Los Hermanos, são inúmeras as referências que o grupo possui.

Em maio desse ano eles estiveram presentes na segunda edição do PE Nova Música Apresenta e hoje subirão ao palco nesta nova edição, no Mercado Eufrásio Barbosa. A banda Mamelungos já participou de diversos eventos de destaque como o Abril Pro Rock, o festival de literatura Fliporto, prévia carnavalesca Guaiamum Treloso 2011, o Carnaval Multicultural do Recife, o Ciclo Natalino do Recife e a Premiação do Troféu Lance Final da Rede Globo Nordeste.

Além da temporada no Capibar, pelo projeto “Música na Beira do Rio”, produzido pelos integrantes e parceiros, o grupo foi convidado pela Oi FM a participar do “Projeto Oi Novo Som”, algo que tornou-se um importante veículo de divulgação da banda na internet.

O primeiro álbum, “De Recife”, foi lançado no final do ano de 2010 (para baixá-lo gratuitamente, clique aqui)  e para 2012, a banda pretende lançar o primeiro DVD. Mamelungos: som, atitude e estéticas diferenciadas. Experimentem essa sonoridade!

Abaixo você confere a nova composição “Varanda”, que eles prometem tocar hoje.

Blog | Facebook | Twitter | Myspace

PE Nova Música Apresenta – DJ 440

Publicado em

DJ 440 em entrevista ao programa Sopa de Auditório, de Roger de Renor

O dia 28 de outubro se aproxima e no blog do PE Nova Música continuamos a postar sobre as atrações que você verá no Mercado Eufrásio Barbosa. O DJ 440 já esteve presente na 2ª edição do Festival PE Nova Música, ocorrida em 13 de maio deste ano, e estará participando do projeto novamente, mais um motivo para você comparecer!

Juniani Marzani, conhecido como DJ 440 (lê-se Quatro Quatro Zero), é mais que DJ, é também pesquisador musical e produtor cultural, em Recife, é responsável pelo “Baile Tangolomango” que ocorre mensalmente no Bar Burburinho, em Olinda, comanda o “Terça do Vinil”, agora na Fábrica Bar, e ainda é cicerone do projeto “Reunião de Bacana”.

Ele atua na profissão desde 1997, é especialista em discotecar utilizando como matéria-prima a música popular brasileira. No entando, não limita-se em termos de ritmos, busca diferentes vertentes e estilos, como o samba e o carimbó, e explora especialmente a diversidade da música pernambucana.

Em agosto desse ano, sua mixagem “Nordeste Independente” foi destaque na publicação inglesa Sounds and Colours, que o elogiou por mostrar a riqueza e peculiaridade dos ritmos do Nordeste do Brasil, misturando como ninguém grandes influências do passado e do presente. “Nordeste Independente” conta com uma infinidade de ritmos e as músicas de artistas como Mestre Salustiano, Mundo Livre S.A. e Quarteto de Olinda. Para conferir todas as mixagens do DJ 440, clique aqui.

Logo abaixo, confira um vídeo de sua discotecagem ao vivo no Estúdio Oi novo Som, gravado em junho de 2010, no Fábrica Estúdio, em Recife.

Site | Facebook | Orkut | Twitter | Myspace

PE Nova Música Apresenta: A Banda de Joseph Tourton

Publicado em
Criatividade.Impressionante.Qualidade.

Com uma proposta de rock diferenciado e instrumental, a Banda de Joseph Tourton com um som poderoso, consegue levar a qualidade de guitarras,e outros instrumentos; com um quarteto formado por Gabriel Izidoro (Guitarra, Flauta e Escaleta), Pedro  Bandeira (Bateria), Rafael Gadelha (Contra-baixo Elétrico), Diogo Guedes (Guitarra e teclado), musicas que possibilitam que as letras sejam criadas por aqueles que os ouvem.

A sonoridade ímpar da Banda de Joseph Tourton os credenciam como destaque no Rock Instrumental, fazendo que a banda seja destaque na mídia nacional e internacional, com participações em grandes eventos, e parcerias como Lúcio Maia da Nação Zumbi.

Com Roteiro e Direção de Ianah Maia, o videoclipe oficial “A Festa de Isaac” transmite a preocupação e zelo com a excelência em tudo que se refere à Banda de Joseph Tourton. 

Este ano ainda teremos novo material em formato EP, sigam-os nos canais oficiais, para conferir as novidades d’A Banda de Joseph Tourton.

Canais:  Site oficial | MySpace | Facebook | Youtube | Twitter

PE Nova Música Apresenta: A Nave

Publicado em

A Nave em sua primeira apresentação, no festival MADA (RN)

No dia 28 de outubro deste ano, o PE Nova Música será palco do primeiro show da banda A Nave em Recife! Apesar de ter sido formada em aqui na cidade, o show de estreia foi em Natal (RN), dia 7 de outubro, no Festival MADA.

A formação do grupo conta com músicos experientes, que trabalharam ou trabalham com outros cantores e bandas como Mula Manca e a Fabulosa Figura, Lula Queiroga, China, Mundo Livre S/A, A Roda, Seu Chico e Mamelungos, com esta última eles dividirão o mesmo palco dia 28.

Luccas Maia (Baixo e voz), Lula (Piano e voz), Eduardo Braga (Guitarra), Bruno Cupim (Bateria) e Guga Fonseca (Teclados) formaram A Nave este ano e não perderam tempo, partiram logo para o estúdio. O primeiro EP lançado conta com 5 músicas: “Vou te pentear”, “Cafuné”, “Pancadão”, “Cachorro” e “Milionário”. As letras são divertidas, falam de pequenas ações do dia-a-dia que podem fazer grande diferença, ressaltam o sentimento de amor, mesmo que da forma mais ‘cafona’, como diz uma das composições. As melodias são atraentes, podem ser dançantes ou apenas para ouvir e nelas é possível perceber a influência dos outros projetos aos quais os integrantes fizeram ou fazem parte.

Se a proposta do nome da banda era brincar com o tema dos objetos voadores, é provável que eles tenham conseguido, pois assim como uma nave espacial, a música deles parece mesmo permear infinitas dimensões de ritmos e apostamos que irá conquistar o público também.

Assistam ao vídeo da Música “Vou te Pentear” logo abaixo e para ouvir e baixar as músicas, é só clicar na foto da banda no site oficial (aqui). Confira também outros links oficiais para acompanhar mais desse excelente trabalho.

Site | Facebook | Twitter | SoundCloud

PE NOVA MÚSICA APRESENTA – EPCOS

Publicado em

Voltamos a falar do PE Nova Música Apresenta, sua segunda edição ocorreu no dia 7 de agosto desse ano. Com um som que mistura a música instrumental, o rock, um pouco de música regional e outros sons que inspiram os compositores, a banda Epcos foi uma das atrações dessa edição do PE Nova Música Apresenta.

A Epcos foi fundada em 2009. Todos os integrantes são jovens instrumentistas que tiveram contato com a música desde a adolescência e que têm como princípio a liberdade de influência musical. A banda é composta por Rodrigo Correia (Bateria); João Vitor Souza (Guitarra) e Thiago Correia (Contra-Baixo Elétrico)

Nesses 3 anos de estrada, o trio pernambucano já teve um a indicação na revista Poeira Zine (no mês de março de 2010), além de ter vencido o I festival de Artes da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.

No dia 17 de julho, a banda fez uma apresentação no Auditório da Livraria Cultura (vídeo abaixo). Neste mês de setembro, o trio fez um “tour” pelo estado de São Paulo apresentando-se nos festivais: 12° Hadcore na Cidade e Domingo na Casa; e na casas de show: Quarta Dimensão, Taberna Dharma Rock Bar, Fora do Eixo, o bar Shiva.

Atualmente, o trio está participando do concurso de bandas do portal da Universia. Ainda dá tempo de votar! (clique aqui)

Para quem gostou da banda e quer conhecer um pouco mais sobre o cotidiano do trio pernambucano, pode acompanhá-los no seu blog Expresso Dinamite ou ainda pelo Myspace / Facebook / Twitter.

PE Nova Música Entrevista – DJ Bra

Publicado em

Hoje inauguramos a seção de entrevistas do blog PE Nova Música! Nosso primeiro entrevistado atende pelo nome de DJ Bra quando convidado a tocar em eventos como o PE Nova Música Apresenta, ocorrido dia 5 deste mês, em parceria com o INTERCOM 2011 (Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação).

André Braga tem 23 anos, é formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco, tem sua própria empresa de tecnologia para internet (Atela) e trabalha em projetos  como o AgendaRecife.com, com mais dois sócios. Além de ter sido convidado a participar de um dos eventos deste projeto, ontem mesmo ele marcava presença nos intervalos das bandas Faringes da Paixão e Novos Bossais, no Burburinho. Próxima sexta, dia 23, o DJ Bra estará novamente no Bar Burburinho ao lado de Faringes e Conjunto Maravilha.

Tanto a pesquisa musical quanto o aperfeiçoamento da técnica é uma atividade ininterrupta, uma evolução a cada dia.

Há quanto tempo é DJ?
Acho que desde que eu me entendo por gente eu gosto de levar música pros cantos. Desde ficar apresentando coisas pros amigos a botar música em festas. Não faz muito tempo, comecei a tocar em eventos abertos com mais frequência, então não sei quando alguém “se transforma” em DJ. Tanto a pesquisa musical quanto o aperfeiçoamento da técnica é uma atividade ininterrupta, uma evolução a cada dia.

Por que começou a atuar como DJ?
Como eu sempre fui muito interessado em música, meus amigos me convidavam para tocar, e aí dava certo. Então eu comecei a estudar sobre o assunto, procurar ferramentas, material, a ver qual era o “estado-da-arte” da coisa e fui me aprofundando. Com o tempo, passei a prestar atenção em coisas que normalmente passariam despercebidas mas que são importantes, e aí eu precebi que estava evoluindo a cada hora que dedicava à prática.

Como seleciona a listagem das músicas?
Sempre faço um setlist do zero para cada lugar que vou tocar. Seleciono um pouco mais do que vou ter de tempo, para já ter um buffer extra, mas é muito normal tocar algo que não estava previsto. Depende muito da energia do local e do público.

Quais suas influências musicais?
Complexo… uma professora que tive no conservatório, quando lhe fiz essa pergunta, me disse que por trabalhar com música, tinha de escutar tudo. E então, até o pagodão tinha influência no seu amadurecimento. Se você me perguntar em que música eu “vidrei” por muito tempo, aí eu digo que nasci escutando Chico Buarque, fui adolescente rockeiro, especialmente grunge (Nirvana, Alice in Chains, Stone Temple Pilots…) e nesse tempo comecei a ter contato com coisas como Radiohead, Bjork, Portisehad, Air, The Cure, New Order, Depeche Mode, e também muito Beatles, Pink Floyd. Daí pra frente, a “influência” se tornou um ser vivo, em vez de um ponto no passado.

Quais estilos gosta de tocar?
Gosto muito de rock, indie rock, dance-rock, “soulful-rock”, funk e new wave. E aí misturo com música brasileira. Muitos DJs que têm essa vertente do rock são puritanos quanto a isso, mas eu gosto de mesclar um pouco, muita coisa boa já foi feita no Brasil.

Como foi chamado para participar da última edição do projeto?
Eu já conhecia o pessoal da organização e eles tinham me visto tocar em outros lugares, aí acharam que combinava com a proposta do PE Nova Música, imagino. É algo que eu acho muito legal da proposta deles, por sinal. Eu estava presente quando um dos organizadores conheceu um dos DJs que tocou em outras edições do projeto, e foi em uma festa pequena onde todo mundo estava curtindo o som dele, pouquíssimas pessoas o conheciam até então. É muito importante “desenterrar” o que está sendo produzido aqui perto de nós.

Como avaliou a sua participação e a do público?
Muito positiva. Principalmente porque eu não conhecia o público, já que essa edição era para pessoas de vários lugares do país e eu não tinha ideia do que elas mesmas esperavam. Gente daqui mesmo de Recife e de outros estados vieram falar comigo com feedbacks positivos, foi bem gratificante.

PE Nova Música Convida – Roger de Renor

Publicado em

Roger de Renor, figura marcante da cutura pernambucana

Voltamos a falar sobre o PE Nova Música Convida, evento que aconteceu dia 26 de agosto no bar Burburinho, para comentar a trajetória e trabalho de Roger de Renor, figura emblemática do Movimento Manguebeat.

Roger é pernambucano, filho de mãe potiguar e pai alagoano. Em sua trajetória, o que não falta são histórias, de dono de bar a comunicador, o nome Roger de Renor esta fortemente associado à cena cultural de Pernambuco.

Em entrevista à rádio BBC (vídeo abaixo), Roger fala um pouco sobre o bar, Soparia, que ficou bastante conhecido na região metropolitana do Recife por ter sido ponto de encontro e de divulgação de festas (papel de grande importância em uma época em que não existia rede social na internet).  Lá as pessoas se encontravam para divulgar e comentar sobre as festas que aconteciam na cidade, também era um local para bandas e grupos artísticos de todos os estilos e tamanhos realizarem suas apresentações.

Como comunicador, Roger participou e participa de programas que tratam da cultura de Pernambuco e do Brasil. Em rede Nacional, no programa Som Na Rural, na TV Brasil, Roger convida o entrevistado a dar uma volta em uma Rural (carro da década de 40) e termina a entrevista em uma praça, parque ou rua onde o artista faz um pequeno show.  Na TV local, Roger inicia sua trajetória com o programa Sopa da Cidade (que chegou a transmitir ao vivo o  Abril pro Rock). Em 2002, estréia o Som da Sopa, na TV Universitária da UFPE, e em 2004, o Sopa Diário. Não podemos esquecer do Sopa de Auditório, transmitido ao vivo pela TV Universitária, gravado na Torre Malakoff. Em todos os seus programas Roger abre espaço para diretores e produtores do áudio visual, além de bandas independentes e representantes da cultura de Pernambuco.

No rádio, Roger começou com o programa Cidade de Andada (transmitido de algum ponto da cidade) onde ele interagia com uma banda convidada e com o público do local. Atualmente, Roger tem um programa na rádio Oi Fm, também chamado Sopa. Você pode ouvir aos programas na íntegra clicando aqui.

Além de continuar ativo no cenário cultural de Pernambuco, Roger de Renor é Gerente Geral da Tv Pernambuco, a TV pública do estado (que possui canal no Youtube, para assistir, clique aqui).

%d blogueiros gostam disto: